Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Sinalização rodoviária: Conheça as principais placas de trânsito nas estradas

Sinalização rodoviária: Conheça as principais placas de trânsito nas estradas. O trânsito faz parte da vida de muitas pessoas e, por isso, é preciso ter muita atenção ao dirigir. A sinalização rodoviária, avistada ao longo do percurso, exerce um papel de extrema importância quando o assunto é evitar acidentes. Além disso, caso seja desrespeitada, as penalizações serão devidamente aplicadas para deixar o condutor de sobreaviso.

Então, para que você e a sua família possam viajar com total segurança, confira quais são as principais sinalizações encontradas ao longo da estrada.

Tipos de sinalização

Antes de conhecer quais são os principais sinais de trânsito é importante saber que eles são divididos em duas categorias – permanentes e temporários. Na maior parte dos casos, apresentam formatos e cores distintas, sinalizando que abordam regras diferentes.

As placas de trânsito com sinalização permanente podem expressar:

  • características físicas da rodovia;
  • velocidade operacional da rodovia;
  • características da região atravessada pela rodovia;
  • tipo e intensidade da ocupação lateral da via.

Já as sinalizações temporárias costumam expressar:

  • a existência de obras, serviços de conservação, situações de emergência e novas condições estabelecidas para o trânsito;
  • regulamentação da circulação, além da velocidade e condições de segurança no geral;
  • posicionamento e ordem adequada para os veículos, reduzindo riscos de acidentes;
  • delineação do contorno da obra, além das interferências causadas por ela na rodovia.

Vale ressaltar, entretanto, que independente de ser temporária ou definitiva, é necessário que todos conheçam os sinais e, principalmente, os respeitem quando estiver trafegando na estrada.

Principais tipos de sinalização permanente

Agora que é possível saber quais as principais funções de uma sinalização permanente, veja quais delas são comumente encontradas nas estradas.

Proibido ultrapassar (R-7)

 

Assim como o seu próprio nome já indica, fica proibida qualquer tipo de ultrapassagem na via, ou seja, nenhum carro poderá mudar de uma faixa para a outra com o intuito de ultrapassar um veículo.

Na prática, a placa fica exposta geralmente ao lado da via, a partir do qual um trecho se inicia, aplicando a restrição para o movimento de ultrapassagem.

Velocidade máxima permitida (R-19)

 

Este tipo de sinalização indica a velocidade máxima que o motorista pode seguir em uma via. Dessa maneira, quando ela é respeitada, fica muito mais fácil conseguir evitar acidentes, além de manter os pedestres em total segurança.

Duplo sentido de circulação (R-28)

 

Essa placa serve para alertar aos motoristas sobre a regulamentação da circulação em sentido duplo. Dessa maneira, a partir de um local específico em que o sinal esteja afixado, os carros estão permitidos a seguir sua trajetória em sentidos opostos.

Estreitamento de pista ao centro (A-21a)

 

 

Durante as viagens, também é possível encontrar placas de advertência, as quais têm o intuito de alertar acerca de condições perigosas adiante. Dentre elas está o estreitamento de pista ao centro.

Essa placa, em específico, adverte a existência de um afunilamento ao longo da pista, fazendo com que o número de faixas de trânsito seja reduzido. Isso pode evitar, e muito, alguns acidentes de trânsito.

Mão dupla adiante (A-25)

 

Assim como a maior parte das placas de trânsito de advertência, esta também possui uma coloração amarelada, indicando ao motorista que há algo de importante a ser visto na pista um pouco mais a frente.

Sendo assim, a mão dupla adiante adverte, claramente, acerca de uma alteração de sentido único para sentido duplo na circulação daquela via em específico.

Placas informativas

Algumas placas trazem informações específicas como, por exemplo, a quantos quilômetros se encontra determinada cidade ou se há um estabelecimento pelas redondezas.

Principais tipos de sinalização temporária

A placas de sinalização temporária indicam que há algum evento móvel acontecendo naquela região, assim, uma vez finalizado, as placas também serão retiradas.

Confira, abaixo, quais são os principais tipos.

Obras (A-24)

A placa de obras, possui uma coloração de fundo alaranjada. Ela é responsável por advertir a respeito da existência, bem a frente, de alguma obra que esteja na pista ou próxima à rodovia. Além disso, também indica a presença de trabalhadores no local, evitando possíveis acidentes.

Desvio à direita (IO-4)

 

Em decorrência de alguma obra ou falha na pista, as placas de desvio podem indicar ao motorista que há algum tipo de anormalidade no trecho. Dessa maneira, um desvio deve ser feito para evitar acidentes ou contratempos.

Na maior parte dos casos, pode ser vista acompanhada da quantidade de metros ou quilômetros onde o desvio se encontra, aproximadamente.

Utilização de PMVS

(Fonte: Gazeta do Povo)

As placas em PMVS são aquelas que possuem um aspecto mais moderno, eletrônico. Dessa maneira, podem transmitir mensagens de maneira mais dinâmica e entendível pelos motoristas, evitando acidentes e repassando informações que são de extrema importância para a condução na via.

Como é feita a fiscalização?

A fiscalização é realizada dentro das rodovias por radares ou pela polícia rodoviária e, por isso, os motoristas devem ter cuidado para não infringir nenhuma regra. Inclusive, vale reforçar que com o acúmulo de 21 pontos na CNH, a suspensão do direito de dirigir é certa. Então, não esqueça de estudar mais a fundo acerca do significado de cada uma das placas.

É interessante mencionar, também, que, diante da grande importância das placas de trânsito para os motoristas e pedestres, foi criada a NBR 14644 em 2013, que indica que a confecção de uma placa de sinalização não se resume, unicamente, em desenhos e palavras correspondentes, mas também deve ter material apropriado, bem como cores que conversem entre si.

Você tem multas de trânsito em aberto? Consulte a Zignet!

Se você está com algumas multas de trânsito ainda pendentes, que tal pagá-las imediatamente, sem precisar sair de casa? Isso é possível por meio da Zignet. Pelo site, você confere os seus débitos veiculares e ainda tem a chance de parcelar as multas com o cartão de crédito.