Logo Zignet branco

| Blog

Quantos pontos perde a CNH? Confira como evitar a perda

trânsito
Índice do conteúdo

Quantos pontos são necessários para perder a CNH? Essa é uma dúvida recorrente dos motoristas e é fundamental que seja esclarecida, já que trata-se de um mecanismo importante que impacta diretamente no seu direito de dirigir.

Além disso, os pontos não são o único problema, já que eles são acompanhados de multas, algumas delas muito pesadas. Assim, hoje iremos entender quantos pontos perde a CNH e também conhecer uma maneira facilitada de pagar multas — tudo para você não perder sua habilitação!

Quantos pontos perde a CNH em 2022?

A quantidade de pontos com que se perde a CNH mudou em 2021 devido a uma nova lei de trânsito. Atualmente, a quantidade máxima é de 40 pontos, com alguns detalhes que especificaremos a seguir. Antigamente, a quantidade de pontos era muito menor, e o indivíduo perdia o direito de dirigir após extrapolar os 20 pontos.

Mas os motoristas já podem ter mais alívio com essa mudança, pois agora têm o dobro de pontos “disponíveis” antes de perder a sua carteira. Essa mudança em relação aos pontos na carteira de motorista foi apresentada pela própria presidência em 2020.

E, para aqueles que tem alguma dúvida, o motorista que atingir o máximo da pontuação acaba com a CNH suspensa por um período que varia entre 6 a 12 meses. No período em que a CNH está suspensa, obviamente, o motorista está impedido de dirigir.

Caso seja flagrado dirigindo com a CNH suspensa nesse período, o condutor pode receber uma nova suspensão maior que vai de 8 meses até 2 anos. E dependendo de toda a situação, pode acabar tendo a CNH cassada definitivamente.

Então, para evitar essa dor de cabeça, o ideal é sempre monitorar os pontos perdidos na CNH, a fim de não ser pego de surpresa no futuro.

Qual é o limite de pontos na CNH?

Como mencionamos, a quantidade de pontos para perder a CNH aumentou, o que antes eram 20, agora são 40 pontos. Mas isso não é válido para todo mundo e existem critérios que nós devemos atender para termos o direito de ter essa quantidade de pontos e condições que podem te impossibilitar de ter esse privilégio.

Os 40 pontos disponíveis para serem acumulados na CNH valem apenas para os condutores que não tiveram nenhuma infração gravíssima no intervalo de 1 ano. A partir da primeira infração gravíssima, os motoristas têm seus pontos reduzidos para 30 pontos. Já a partir da terceira infração gravíssima, os condutores têm a sua CNH suspensa.

Lembrando que um dos fatores determinantes para a perda dos pontos é a natureza da infração. A Secretaria Nacional de Trânsito (SENATRAN) determina que existem 4 naturezas diferentes para infrações em nossas leis de trânsito. Elas se dividem em:

  • Infração leve: gera a perda de 3 pontos na carteira de habilitação e multa no valor de R$ 88,38;
  • Infração média: gera a perda de 4 pontos na carteira de habilitação e multa no valor de R$ 130,16;
  • Infração grave: gera a perda de 5 pontos na carteira de habilitação e multa no valor de R$ 195,23;
  • Infração gravíssima: gera a perda de 7 pontos na carteira de habilitação e multa no valor de R$ 293,47.

As multas podem ser bastante altas, não é mesmo? Então, evitá-las é fundamental, não só pelo risco de perder a carteira, mas também para não ter que arcar com esses débitos desnecessários.

Lembrando que, caso você não pague uma multa, pode acabar acarretando inúmeros outros problemas, incluindo mais multas e posteriormente a perda do direito de dirigir seu veículo.

Uma multa não paga gera mais multas, juros acumulados, leva seu nome para instituições como o Serasa — causando o famoso “nome sujo” ou negativado, — e impedem a emissão do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), algo obrigatório que deve ser feito anualmente.

6 multas graves, por exemplo, acabam gerando um montante de débitos veiculares de mais de R$ 1.000,00. Então, vale a pena ficar atento, não é mesmo?

Aproveite e leia também: o que é Detran? Saiba tudo sobre suas funções!

E qual o limite de pontos na CNH provisória?

Em nosso sistema de trânsito atual, quando tiramos nossa carta temos que passar por um período de experiência chamado “período probatório”.

Durante 12 meses, recebemos a chamada CNH provisória e, durante esse período de 1 ano, dirigimos apenas com ela. Mas você sabe com quantos pontos perde a CNH provisória?

Caso ainda não saiba, é diferente a tolerância para a carteira de habilitação definitiva para a provisória. Na provisória, devemos ter muito cuidado para não cometer infrações, pois caso de perda da carteira provisória, será necessário repetir todo o processo para obtenção da CNH!

Dessa forma, o que o condutor com carteira provisória não pode fazer é receber uma multa grave, ou gravíssima, nem receber 2 infrações médias, sob o risco de perder a CNH.

Qual o prazo para zerar os pontos da CNH?

Já aprendemos com quantos pontos podemos perder a CNH, mas esses pontos ainda expiram? Muitos motoristas declaram que, segundo a nova lei, os pontos que tinham validade de 12 meses agora tem uma validade maior. Mas isso não é verdade.

Todos os pontos da carteira ainda tem 12 meses de validade e desaparecem passado o prazo. O que pode acontecer é o Detran não entrar com processo de suspensão da CNH de forma imediata.

Quer dizer que, se o indivíduo cometeu infrações gravíssimas e acabar estourando o limite, mesmo que o ponto expire sua validade e ele pense que está tudo bem, saiba que a Detran pode demorar um tempo para notificar da suspensão da carteira. Então, é válido ter cuidado e ter o hábito de regular de monitorar os pontos da sua carteira.

Aproveite e leia mais sobre: Como identificar e quanto tempo demora para multa aparecer no Detran?

Quando a lei mudou e o que foi modificado?

Ao pesquisarmos com quantos pontos se perde a CNH em 2022, descobrimos que a nova lei mudou muito a forma da administração das multas e infrações. A lei existe desde 12 de abril de 2021, vamos tentar recapitular os principais pontos de mudanças:

  • Mudança da quantidade máxima de pontos: de 20 para 40;
  • Validade da CNH: a carteira vale 10 anos para motoristas com até 50 anos;
  • Cadeirinha de segurança: agora crianças com até 10 anos devem usá-la;
  • Obtenção da CNH: aulas noturnas para conseguir a CNH não são obrigatórias;
  • Uso dos faróis: a norma que pedia para mantê-los ligados durante o dia em rodovias urbanas caiu.

Como regularizar a situação das multas de forma facilitada?

Contar com a Zignet. Nós oferecemos meios de pagamento de seus débitos com muito mais facilidade em até 12 vezes no cartão de crédito, basta acessar nosso sistema de consulta e digitar os dados do seu veículo. Uma lista com todas as suas multas surgirá na tela e você terá a opção de parcelá-los de forma facilitada.

Agora que você já aprendeu com quantos pontos perde-se a CNH e das implicações de acumular multas, não deixe de pagar seus débitos veiculares com a Zignet para rodar tranquilamente com o seu veículo. Continue acompanhando nosso blog e aproveite nossos conteúdos!

Avalie este post

A ZIGNET é uma Instituição de Pagamento que surgiu para facilitar e inovar a forma de recebimento de contas, à vista ou parceladas, por meio de cartões ou outras modalidades de pagamentos eletrônicos.

Além de oferecer os serviços tradicionais de recebimento de cartões, as maquininhas ZIGNET também têm como diferencial parcelar em até 12 vezes, no cartão de crédito, boletos e contas emitidos por empresas públicas e privadas. Atendimento personalizado, tecnologia de ponta e o melhor custo-benefício são vantagens que a ZIGNET disponibiliza aos seus clientes, oferecendo maior agilidade e segurança nas transações de pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações