Logo Zignet branco

| Blog

O que é vistoria cautelar? Confira com a Zignet!

Pessoas em uma concessionária
Índice do conteúdo

Durante a compra de um veículo usado ou seminovo, sempre surgem dúvidas sobre a procedência do automóvel e como está seu funcionamento.

Dessa forma, realizar uma vistoria é um passo fundamental para tirar essa dúvida da cabeça e ficar com a mente tranquila assim que fizer a aquisição do seu novo bem!

A vistoria cautelar serve exatamente para isso — durante esse procedimento serão analisados vários itens do carro e como está a vida útil de cada um. Para você entender mais, a Zignet separou um blog para te explicar mais sobre. Confira!

Para que fazer uma vistoria cautelar?

A vistoria veicular visa analisar todo o histórico do veículo, sendo verificado se o carro já sofreu algum acidente, se possui pendências judiciais, se todos os documentos do carro correspondem com a legislação brasileira, se a quilometragem é realmente original, entre outros aspectos.

Ela é ideal para identificar se vale a pena realizar a aquisição ou não, não deixando que o comprador corra o risco de ser enganado. Portanto, ela possui inúmeros benefícios e visa esclarecer os seguintes pontos:

  • se as partes estruturais e mecânica do veículo estão funcionais;
  • se a documentação do carro está em dia;
  • histórico de proprietários;
  • verifica se o carro já sofreu algum acidente;
  • se o veículo já foi colocado em leilão;
  • se o automóvel já passou pelo processo de recall;
  • pesquisa financeira e jurídica.

Não deixe de conferir: entenda como pagar débitos veiculares de forma fácil!

O que se faz na parte mecânica da vistoria cautelar?

Na vistoria cautelar, será feito um check-up completo no veículo, sendo analisada peça por peça e sendo possível identificar quais problemas o carro apresenta.

Não é por que está fazendo esse processo que serão encontrados muitos defeitos, o que esperamos, de fato, é que esteja tudo em ordem, para dar continuidade com a transação de venda.

Durante esse vistoria é realizada a inspeção desses itens:

  • numeração do chassi;
  • autenticidade dos lacres da placa;
  • desgaste dos pneus;
  • freios;
  • estado dos vidros;
  • alinhamento;
  • qualidade da pintura;
  • se há adulteração no velocímetro;
  • funcionamento do câmbio;
  • amortecedores.

Qual o valor para realizar uma vistoria cautelar?

O preço médio de uma vistoria cautelar pode variar entre 250 a 500 reais. Porém, esse valor pode mudar, visto que existe uma grande demanda de oferta e procura e esse valor depende muito da região que você está localizado.

E sempre confira o valor a ser pago com o serviço oferecido, talvez seja possível encontrar uma vistoria mais barata que esse valor, mas ser um pouco mais simples, não realizando a verificação de todos os itens. Ou até mesmo, encontrar uma mais cara, mas que traga serviços a mais. Por isso, sempre verifique antes de fechar com o prestador de serviço.

+ Saiba tudo sobre o Documento Único de Transferência

Quem paga o laudo de vistoria cautelar?

Geralmente, é o comprador que paga o laudo da vistoria cautelar, entretanto, não existe uma regra definida. Vai depender da negociação entre as partes, por isso, tente negociar e entrar em um consenso sobre quem vai pagar, ou até mesmo, sugerir dividir o valor entre os envolvidos na negociação.

Homem e mulher se comprimentando com um aperto de mãos

 

Qual a vantagem de realizar a vistoria cautelar?

A grande vantagem de realizar essa vistoria é que a empresa que executa o serviço oferece o seguro de responsabilidade, uma garantia para problemas legais que possam acontecer, ou seja, acaba assegurando um prêmio caso tenha algum erro profissional nesse processo.

Portanto, ao realizar esse processo no veículo, é gerado automaticamente os dados para um banco de consulta, recebendo um certificado garantindo a autenticidade daquele automóvel por um tempo determinado.

Qual a diferença entre vistoria cautelar e vistoria veicular?

A diferença maior entre essas duas vistorias é que, enquanto a veicular analisa de forma mais superficial, visando mais identificar peças clonadas, itens irregulares e como está o carro de forma geral e se está apto para ser adquirido por outra pessoa, a vistoria cautelar vai analisar a situação do veículo mais a fundo, tanto o carro quanto os registros deles, como vimos anteriormente.

As duas são úteis no momento de aquisição de veículo usado e, ao menos alguma delas, é ideal que seja solicitado, garantindo mais segurança na hora da compra.

Se você quer entender mais sobre a vistoria veicular e quais itens você deve ficar de olho para passar tranquilo nela, separamos um post exclusivo para te ajudar. Confira: o que não passa na vistoria veicular?

Vimos que a vistoria cautelar traz vários benefícios, conseguindo analisar mais a fundo a parte da mecânica, a parte jurídica e buscar identificar mais sobre o histórico do carro, se realmente vale a pena para aquisição ou não.

Dessa forma, é uma ótima maneira de não correr nenhum risco de ser passado para trás caso o carro venha com muitos problemas e precise desembolsar mais dinheiro com manutenção em um curto período após a aquisição.

Esperamos que tenha gostado desse conteúdo e, para entender mais sobre carros, multas e meios de pagamento — continue acompanhando o blog da Zignet para se manter atualizado!

Até a próxima leitura!

Avalie este post

A ZIGNET é uma Instituição de Pagamento que surgiu para facilitar e inovar a forma de recebimento de contas, à vista ou parceladas, por meio de cartões ou outras modalidades de pagamentos eletrônicos.

Além de oferecer os serviços tradicionais de recebimento de cartões, as maquininhas ZIGNET também têm como diferencial parcelar em até 12 vezes, no cartão de crédito, boletos e contas emitidos por empresas públicas e privadas. Atendimento personalizado, tecnologia de ponta e o melhor custo-benefício são vantagens que a ZIGNET disponibiliza aos seus clientes, oferecendo maior agilidade e segurança nas transações de pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações