Logo Zignet branco

| Blog

Saiba tudo sobre o Documento Único de Transferência

Leia em 6 minutos
Pessoas dando um um aperto de mãos com um carro ao fundo
Índice do conteúdo

Se você comprou ou vendeu um automóvel seminovo e ainda não emitiu o DUT, saiba que está na hora de cuidar disso para que dores de cabeça e gastos maiores sejam evitados!

Mas calma! Porque nós, da Zignet, preparamos um conteúdo completo para te ajudar a entender o que é esse documento, qual é a sua importância e explicar de forma detalhada outras dúvidas que podem estar passando pela sua cabeça neste momento. Continue lendo para conferir!

O que é DUT de veículo?

Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é um DUT. Então, vamos lá!

O DUT é o Documento Único de Transferência que serve para transferir formal e legalmente veículos que não sejam zero km, ou seja, você só vai precisar utilizá-lo quando for comprar ou vender automóveis seminovos ou antigos.

De acordo com o artigo 120 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), todo veículo automotor precisa ser registrado. Mais para frente, em seu artigo 123, o CTB dispõe sobre as situações nas quais um novo Certificado de Registro de Veículo deverá ser expedido e dentre elas está a hipótese de venda e compra de um carro. Veja:

Art. 123: Será obrigatória a expedição de novo Certificado de Registro de Veículo quando:
I – for transferida a propriedade;
II – o proprietário mudar o Município de domicílio ou residência;
III – for alterada qualquer característica de veículo;
IV – houver mudança de categoria.

Existe diferença entre CRV e DUT?

Basicamente, não há nenhuma diferença entre CRV e DUT! Entenda:

A nomenclatura DUT é mais antiga e foi substituída, em 1985, com as mudanças que o Detran gerou no sistema RENAVAM. A substituição trouxe o novo termo CRV (Certificado de Registro de Veículo).

Muitos ainda usam o antigo nome, mas na prática falar em DUT é falar em CRV e vice-versa! Há, ainda, as pessoas que utilizam termos mais populares, como “documento de transferência de propriedade” e até “recibo do carro”.

Qual a importância do DUT?

A importância deste documento consiste em algumas garantias que as partes envolvidas em um contrato de compra e venda de um veículo terão!

A primeira delas é que a propriedade do automóvel é realmente transferida por meio do DUT, que deixa de ser propriedade do antigo dono e passa a pertencer ao atual, garantindo, assim, que a transferência seja feita de forma adequada e dentro dos parâmetros legais. Além disso, neste documento, serão registrados os dados do novo proprietário.

Mas não para por aí! O DUT também é importante para garantir que problemas posteriores sejam evitados.

Você, provavelmente, já deve ter ouvido a história de um conhecido que vendeu um veículo, não fez a regularização correta e depois teve de arcar com as despesas decorrentes de multas de trânsito do novo dono. Difícil, né?! E essa é uma das menores dores de cabeça que pode ser gerada, pode acreditar que existem piores!

Quando e como preencher o DUT?

O ideal é que assim que o processo de compra e venda do carro for finalizado, você já providencie a emissão do DUT. Mas a Lei traz o prazo de 30 dias para adotar as providências e emitir o DUT.

Mulher com uma mão no queixo e a outra segurando um papel

Quanto ao processo de preenchimento do documento, é preciso observar a seguinte questão temporal:

  • Se o carro está na posse do mesmo dono desde antes de 04/01/2021, será necessário preencher o documento físico com os dados do antigo e do novo proprietário, incluindo as informações da venda. Depois é hora de registrar o documento no cartório e reconhecer firma de ambas as partes e, em seguida, e ir ao Detran para formalizar a venda;
  • Agora, o carro que foi transferido para o antigo dono a partir de 04/01/2021, será preciso preencher a Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo em meio digital (ATPV-e).

Para saber mais sobre o procedimento de transferência online de veículo, acesse nosso conteúdo Transferência de veículo online já é realidade. Conheça os procedimentos.

Atenção: na hora de preencher o documento, certifique-se de adicionar os dados corretamente, considerando que qualquer erro invalidará o preenchimento.

Então há DUT na versão digital?

Sim! Já existe o sistema desse documento em formato eletrônico, ligando as informações necessárias entre o cartório e o Detran. E a versão digital é a ATPV-e mencionada anteriormente.

É importante frisar que você pode acessá-la por meio do aplicativo da Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Onde fica e qual é o código do DUT?

É bem fácil!

O código fica no próprio CRV. Além disso, é possível consultar o DUT do veículo acessando o site do Detran do seu Estado ou, se você já possui o documento em mãos, checar os números que estão no canto superior direito do CRV.

O que fazer ao perder o DUT?

Caso você esteja precisando do DUT, mas descobriu que perdeu o documento, será necessário, em primeiro lugar, fazer o boletim de ocorrência na delegacia da sua cidade ou preenchê-lo de forma online.

Depois, com o B.O e demais documentos em mãos, será preciso solicitar a segunda via junto ao Detran do seu Estado e pagar a taxa de serviço. Acesse nosso conteúdo e entenda mais sobre o Detran e as suas funções!

O que é DUT em branco?

Isso é um problema e tanto! O fato de o DUT estar em branco significa que o vendedor não quer informar ao Detran os dados que indicam que o veículo trocou de dono, bem como a quantidade de trocas que existiram. É muito comum que isso decorra de pendências financeiras que o carro possui.

Daí a importância de sempre conferir os documentos do automóvel e checar o Renajud, antes de firmar qualquer acordo de compra e venda de um veículo.

O DUT foi preenchido, mas o carro não foi transferido, e agora?

Caso o DUT tenha sido devidamente preenchido, porém não foi formalizada a transferência no cartório ou no despachante, o antigo dono deverá comparecer ao Detran e solicitar o bloqueio do carro.

Por meio de uma declaração escrita por ele mesmo e com presença de duas testemunhas. O vendedor poderá dizer que o carro não é mais de sua propriedade e, assim, afastar problemas futuros.

Agora que você já sabe do que se trata o DUT, sua relevância, bem como emiti-lo, é hora de providenciar a regularização do veículo que você comprou ou vendeu e ficar em paz sabendo que está tudo legalmente certo!

Continue acompanhando os nossos conteúdos e até a próxima!

 

Banner Zigauto

Avalie este post

A ZIGNET é uma Instituição de Pagamento que surgiu para facilitar e inovar a forma de recebimento de contas, à vista ou parceladas, por meio de cartões ou outras modalidades de pagamentos eletrônicos.

Além de oferecer os serviços tradicionais de recebimento de cartões, as maquininhas ZIGNET também têm como diferencial parcelar em até 12 vezes, no cartão de crédito, boletos e contas emitidos por empresas públicas e privadas. Atendimento personalizado, tecnologia de ponta e o melhor custo-benefício são vantagens que a ZIGNET disponibiliza aos seus clientes, oferecendo maior agilidade e segurança nas transações de pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações