Logo Zignet branco

| Blog

O que acontece se eu comprar um carro com multa?

Comprar veículo com multa
Índice do conteúdo

Cuidado ao comprar carro usado, ele pode ter multas. Saiba como verificar e o que fazer em cada situação!

Com o alto preço dos veículos zero quilômetro, comprar um carro usado tem sido a opção de diversas pessoas. Porém, quem opta por um seminovo, por exemplo, acaba incorrendo em um risco até certo comum: comprar um carro com multa.

Se esse é o seu caso ou tem medo de acontecer com você, nesse artigo você entenderá as consequências de comprar carro com multa, o que deve fazer para resolver a situação e também como evitar que isso aconteça futuramente.

Leia até o fim esse conteúdo exclusivo da Zignet e saiba tudo o que é preciso sobre o assunto!

 

Comprei carro usado com multa e agora?

Antes de mais nada é preciso entender que as multas não pertencem ao condutor ou proprietário, mas sim ao veículo. Por isso, ao comprar um carro usado, é muito importante verificar se há ou não multas associadas a ele.

Afinal, se ninguém gosta de receber uma multa, imagine ser responsabilizado pelas infrações cometidas por outra pessoa?

Há pessoas que não avisam e agem de má fé ao vender carro com multa e, paralelamente a isso, existem pessoas que compram conscientemente o automóvel, às vezes por receber um desconto no valor do veículo, por exemplo. E o que fazer nessa situação?

Quando é feita a transferência de propriedade de um veículo, automaticamente todos os débitos não pagos referentes a ele —  multas, impostos, taxas, etc — também são transferidos para o novo dono. 

Assim, enquanto os pontos na CNH impactam diretamente o infrator, as multas permanecem vinculadas ao veículo, mesmo que você compre o carro usado sem saber que elas existiam.

A placa, portanto, é a referência para a cobrança das multas — e não o CPF do infrator. Dessa forma, as multas passam a ser responsabilidade do novo dono, que precisa quitá-las para regularizar a situação do carro.

A Zignet oferece uma solução econômica para isso. Com a placa do carro você verifica a situação das multas na plataforma e, caso a multa seja sua responsabilidade, você pode parcelar tudo em até 12X no cartão de crédito. É fácil, rápido, seguro e em pouco tempo seu novo carro usado fica regular perante as autoridades de trânsito.

Venda sem transferência de propriedade

A transferência de propriedade na venda do carro usado é obrigatória em até 30 dias. Depois disso, se não for feita, é considerada infração grave, passível de multa.

Nesse caso, enquanto a transferência não for feita, qualquer multa do novo “dono” recai sobre o antigo. E, por outro lado, os pontos na carteira recaem sobre o motorista, o novo dono, mas perante a lei ele não é obrigado a pagar a multa pertinente.

Portanto, o ideal é fazer a transferência o mais rápido possível para evitar dor de cabeça para o vendedor. 

 

Saiba o que acontece em relação às multas recorridas

Pode ser que as multas no carro usado estejam em processo de recurso. Nesse caso, o novo proprietário tem o direito de fazer a transferência para o seu nome e fazer o licenciamento sem problema, porque, durante o recurso, a multa fica em suspensão.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) garante o direito ao recurso, que é a chance do proprietário de questionar a multa. Há 3 oportunidades para isso: a Defesa Prévia e os recursos em primeira e segunda instâncias. 

Caso o processo seja deferido, ou seja, as argumentações sejam aceitas, a multa é retirada e a notificação arquivada. Caso contrário ela permanecerá válida e deverá ser quitada para regularizar o carro.

 

Verifique e negocie antes de comprar o carro usado com multa

É muito importante também procurar entrar em um acordo entre as partes quando for verificada a existência de multas – ou qualquer outro débito veicular associado ao carro que foi comprado. 

Por isso, o ideal é fazer a verificação antes de fechar negócio. Assim, se o carro usado realmente for interessante, o vendedor pode descontar o valor das multas no preço do veículo ou só fazer a transferência de posse depois que todos os débitos veiculares forem quitados.

Vale lembrar que quanto mais tempo passar sem que as dívidas sejam pagas, maiores os juros cobrados, aumentando consideravelmente o valor a ser pago.

A Zignet é perfeita para resolver esse tipo de situação rapidamente e sem estresse. Todos os débitos veiculares podem ser parcelados em até 12X no cartão de crédito. Em poucos dias o sistema do Detran dá baixa de quitação das dívidas e o carro fica regularizado, sem pesar no bolso de ninguém.

 

Saiba verificar a existência de débitos antes de comprar carro usado – faça um check-list

Do ponto de vista jurídico, portanto, não há nenhum empecilho em vender ou comprar carro usado com multas de trânsito. Mas essa é uma dor de cabeça que pode ser evitada. 

Para o vendedor, o ideal é oferecer um preço justo para que as dívidas sejam quitadas pelo novo dono. E para o comprador, a dica é verificar todos os débitos existentes antes de fechar negócio.

Para isso, nada melhor do que um check-list para se certificar que está tudo certo — ou ter ciência das dívidas e chegar a uma decisão consciente sobre a compra do carro usado com multas.

Confira o check-list antes da compra

1. Comece checando o veículo

Como a multa pertence ao carro usado e não ao condutor, é fácil saber se há ou não pendências. Você pode fazer isso com o número do RENAVAM, a placa do carro e o CPF ou CNPJ do dono atual.

Mas você também pode fazer a consulta de forma muito mais fácil e rápida na Zignet, apenas com a placa do carro. Em instantes todos os débitos referentes a ela aparecem na mesma página da plataforma – IPVA, licenciamento, multas. Assim você tem uma geral das dívidas associadas ao carro usado que tem em vista.

2. Procure comprar em empresas credenciadas

Um cuidado importante é comprar carro usado de empresas credenciadas, boas revendedoras de novos, seminovos e usados. 

As lojas certificadas são aquelas que têm autorização das marcas para comercializar carros usados e seminovos. Então nessas empresas a segurança para o comprador é maior do que fazendo negócio diretamente de uma pessoa física desconhecida.

3. Peça a quitação de multas do veículo

Quer ter certeza de que não está sendo enganado? É possível pedir a certidão mostrando que nada consta de infração de trânsito no Detran. 

Na maioria dos estados esse serviço pode ser feito online, apenas com o número do CPF e da CNH. Se o vendedor agir de boa fé ele não terá dificuldade em dar essas informações ou fornecer a certidão.

 

Resolva suas pendências com a Zignet

A Zignet é a melhor forma para resolver as pendências financeiras do seu carro. Se você quer vender o carro usado, quite primeiro as multas e passe o veículo adiante já todo regularizado. 

Pagando em até 12X no cartão de crédito na Zignet você alivia o bolso — e ainda pode vender o veículo sem débitos pelo valor cheio de mercado, recuperando o que foi pago à prazo.

Já se você decidiu comprar carro usado mesmo com multas, a Zignet também é a melhor solução. Ao parcelar as dívidas em até 12X no cartão você regulariza rapidamente o veículo, fica livre de dor de cabeça e aproveita ainda mais o desconto conseguido na negociação do carro.

Venha conhecer todas as facilidades no site da Zignet e continue se mantendo informado com as melhores dicas do nosso Blog!

Avalie este post
Foto de Paulo Lofreta Loffreda

Paulo Loffreda é um empreendedor e investidor atuante nos cenários empresariais do Brasil e dos Estados Unidos. Fundador e sócio da ZIGNET Instituição de Pagamento em São Paulo, lidera a inovação na tecnologia financeira. Além disso, como fundador e sócio da PlusA Real Estate Development em Orlando, destaca-se em investimentos e desenvolvimentos imobiliários nos EUA. Foi sócio fundador da Planvale Benefícios adquirida pelo UP Group e como fundador e ex-presidente nacional da CEBRASSE – Central Brasileira do Setor de Serviços, sua trajetória é marcada por contribuições significativas para o setor empresarial brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações