Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Etanol ou gasolina: Como calcular qual vale mais a pena na hora de abastecer o veículo?

Que o combustível está caro todos os brasileiros já sabem, mas como fazer o dinheiro render mais ao abastecer? É mais vantajoso colocar etanol ou gasolina?

Essas dúvidas ficam cada vez mais frequentes na cabeça dos motoristas, a cada novo anúncio de aumento nos preços dos combustíveis. Até mesmo o álcool, que não é derivado do petróleo, tem tido elevação no preço por litro.

E para aqueles cujos automóveis possuem baixa autonomia, a preocupação é ainda maior.

Pensando nisso, elaboramos esse conteúdo para ajudar os condutores a calcular qual tipo de combustível vale mais a pena, etanol ou gasolina. 

Quer economizar? Então continue a leitura!

Qual vale mais a pena, gasolina ou etanol?

Para saber qual combustível é mais vantajoso na hora de abastecer, é preciso calcular o rendimento da gasolina e do etanol.

Para isso, o consumidor deve dividir o valor do litro de etanol pelo litro de gasolina. Se o resultado for menor que 0,70, o etanol compensa mais.

Isso porque o etanol rende cerca de 30% menos que a gasolina, então só vale a pena se custar até 70% do seu valor.

Simulando que em um posto de combustível o preço da gasolina por litro esteja R$7,20 e o do álcool R$5,90, o cálculo seria: 5,90 / 7,20 = 0,81

Como o resultado foi acima de 0,70, nessas condições seria mais vantajoso abastecer o veículo com gasolina.

Há também outra forma de calcular, que segue a mesma lógica. Veja abaixo:

  • Multiplique o valor de um litro de gasolina por 0,7;
  • Se o resultado for inferior ao preço de um litro de etanol, a gasolina é mais econômica.
  • Se o resultado for maior que o valor de um litro de etanol, o etanol é mais favorável.

Seguindo o mesmo exemplo anterior, a conta seria: R$ 7,20 (preço da gasolina) * 0,7 = 5,04.

Como o resultado foi inferior ao preço do litro de etanol, R$5,90, seria mais vantajoso abastecer com álcool.

Álcool ou gasolina?

Se estamos falando somente do combustível com maior rendimento, a gasolina pode ser a melhor opção para quem deseja economizar tempo com paradas.

Por exemplo, se alguém vai viajar de carro e quer fazer o máximo de quilômetros com um tanque, a gasolina é a melhor aposta, pois o veículo tende a ter maior autonomia.

Mas, se o assunto é meio-ambiente ou desempenho do carro, o álcool tem várias propriedades que o tornam desejável como combustível.

O etanol é um recurso renovável, também conhecido como biocombustível, que pode ser criado sem o uso de combustíveis fósseis. Pode vir de muitas fontes diferentes, incluindo cultivos locais (por exemplo, cana-de-açúcar e milho) ou resíduos de madeira. Pode até vir até mesmo do lixo!

Além disso, a queima de álcool emite menos gases poluentes na atmosfera do que a gasolina, produzindo em média 25% menos monóxido de carbono e 35% menos óxido de nitrogênio.

Existem muitos estudos sobre como o etanol para combustível ajuda a reduzir o efeito do aquecimento global, razão pela qual seu uso não deve ser desencorajado.

Em um veículo com motor Flex, o manual do proprietário nos informa que o uso do etanol proporciona maior potência e torque do que a gasolina.

Isso ocorre porque o etanol fornece misturas como ar-combustível, mais ricas que a gasolina, o que significa que eles têm uma octanagem mais alta e podem proporcionar melhor potência.

A desvantagem do etanol é que o motor não aquece tão rápido e você não terá a mesma economia de combustível quando se trata de quilômetros por litro. Apesar disso, o veículo acabará ganhando em aceleração e recuperação de velocidade.

Pode misturar etanol com gasolina?

Alguns motoristas podem questionar se podem ou não usar misturas de etanol e gasolina juntos em seus veículos flex sem causar nenhum dano ao motor. Com o combustível caro, essa pode ser uma saída para quem deseja economizar nos km/l no fim do mês. 

A verdade é que não há nenhuma restrição quanto a isso, e o consumidor pode decidir se quer misturar ou não os combustíveis.

É importante desmistificar o pensamento de que podem ocorrer problemas técnicos. O condutor tem total controle sobre a proporção que melhor atende às suas necessidades.

Ainda, o brasileiro precisa saber que o percentual de etanol na gasolina vendida no país é de 27%. Isso acontece tanto para reduzir o valor do abastecimento quanto para aumentar a octanagem (propriedade da gasolina de resistir à compressão sem auto ignição) do veículo.

É o mesmo princípio dos aditivos vendidos em postos de gasolina que contêm álcool, eles podem melhorar a economia de combustível e o desempenho de um carro.

______________

Na maior parte do país, mesmo com o combustível caro, a gasolina ainda é a melhor opção para encher o tanque. Mas não podemos deixar de destacar que o rendimento do etanol em relação à gasolina é aproximado.

O cálculo pode variar entre mais ou menos de acordo com as características do veículo e de quem está dirigindo, como desempenho do motor e velocidade de condução. O consumo de combustível de um carro pode mudar dependendo de como ele é conduzido, por exemplo, em marcha baixa ou alta.

Dessa forma, vale a pena que o consumidor faça um teste com ambos combustíveis, acompanhando os gastos para decidir qual é a melhor opção no seu caso.

Gostou do post? Se você quiser aproveitar ao máximo o seu veículo, siga as postagens do blog. Procuramos sempre manter os leitores atualizados com conteúdos úteis e informativos sobre o setor automotivo. Siga-nos em nossas redes sociais.