Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Como Adquirir uma Máquina de Passar Cartão

Já pensou em ter uma máquina de passar cartão no seu estabelecimento? Fizemos um artigo especial para você explicando tudo sobre esse assunto.

Vamos falar um pouco de quais são as opções de máquinas disponíveis e as características importantes para você pensar na hora de avaliar uma.

Depois vamos falar um pouco sobre como adquirir a máquina para o seu estabelecimento ou para você fazer vendas como pessoa física.

As vantagens nem precisamos comentar não é mesmo? Caso você tenha dúvida ainda se vale a pena adquirir uma máquina de cartão para o seu negócio, veja alguns números:

  • Mais de 76% de todas as transações comerciais são feitas usando cartões.
  • Mais de R$ 60 bilhões de reais são gastos usando cartões no país
  • 77% dos consumidores tem cartão de crédito e preferem parcelar compras

Caso você tenha tentado abrir uma loja, vender algo na rua ou fazer qualquer tipo de transação, já deve ter percebido que ter uma máquina de cartão é essencial não é mesmo? Não ter uma hoje em dia simplesmente não é uma opção.

Então vamos ver agora tudo que você precisa saber para adquirir essa solução para o seu negócio e ganhar muito mais clientes!

Quais são minhas opções de máquina?

A boa notícia que temos para você é que as máquinas de passar cartão evoluíram muito com o tempo.

Nos últimos dez anos houve uma verdadeira corrida no mercado por parte das empresas para trazer novas soluções aos clientes.

Antes existiam algumas máquinas apenas, a maioria ligada com bancos e outras instituições financeiras mais tradicionais.

Com o tempo o número de possibilidades aumentou e o modelo de negócio das empresas também se modificou.

Hoje existem alguns padrões gerais de modelo, independente da empresa.

Primeiro elas costumam diferir entre aluguel ou compra. As empresas trabalham com esses dois modelos: você pode comprar a máquina para você ou pagar uma mensalidade.

Tudo depende da sua necessidade. O modelo de aluguel costuma ser mais utilizado pelos estabelecimentos, pois, além da máquina de passar cartão há os serviços que dão suporte ao usuário.

Segundo elas diferem na máquina. Algumas só funcionam com Wi-fi, outras com 3G, outras precisam de um celular conectado pelo Bluetooth para operar corretamente.

De novo sua necessidade é o principal para fazer essa decisão. Se você for fazer vendas na rua, é bom uma que tenha 3G ou se conecte ao seu celular.

Se você for fazer vendas no seu estabelecimento comercial e ele tiver uma boa conexão Wi-fi, modelos que não são tão “móveis” também servem.

Em ultimo lugar é importante enteder as bandeiras e taxas. As máquinas não aceitem todas as bandeiras que existem, o mais importante é escolher uma que tenha as bandeiras populares.

Para quem trabalha com alimentos por exemplo, uma máquina que aceita vale-refeição é uma característica muito importante.

A maioria das máquinas costumam cobrar taxas por cada venda efetuada nelas, então fique de olho nessa informação na hora que for comprar ou alugar a sua.

Elas também costumam ter prazos diferentes para que o dinheiro da venda caia na sua conta. O prazo para receber por cada venda pode variar de 1 dia até 30 dias dependendo se foi à vista, débito, parcelado e também a empresa da qual você adquiriu a máquina.

Todas essas informações são muito fáceis de achar nos sites oficias das máquinas de cartão, menos as taxas (essas você sempre tem que dar uma fuçada extra para achar).

O mais importante é você entender muito bem de que tipo de solução precisa para fazer a escolha do modelo de máquina certo.

Como adquirir a máquina?

Os processos das empresas mais tradicionais costumam seguir essa lógica:

  1. Entre em contato com um representante da rede, que normalmente são bancos ou instituições financeiras.
  2. No banco ou instituição financeira eles vão iniciar o processo junto com a empresa e vão pedir informações sobre a sua empresa.
  3. Depois de ser aprovado, entre no site da empresa e compre a máquina que você escolheu.

A maioria das empresas vão pedir que você compartilhe essas informações com ela:

  • Suas informações bancárias
  • O faturamento da sua empresa
  • O ramo de atividade da sua empresa
  • Documentação completa e legalizada da empresa

Como você pode ver, as redes mais tradicionais são um pouco burocráticas e podem até mesmo barrar seu acesso à máquina caso acham que você está fora do perfil.

Apesar disso, a boa notícia é que existem muitas máquinas e empresas novas que aceitam bandeiras muito populares e oferecem ótimas soluções.

Se você quer ter menos dor de cabeça, é uma boa opção dar uma olhada nas máquinas e taxas das empresas mais novas e com menos complicação, apesar delas sofrerem um pouco de desvantagem nas bandeiras.

A tendência do mercado é que as burocracias se tornem cada vez menos comuns e que as empresas tradicionais se adaptem ou percam espaço.

É muito importante que você gaste algum tempo pensando nas suas opções para fazer a escolha correta, afinal esse é o principal modo de pagamento utilizado pelos clientes.

A escolha que você fizer agora vai impactar e muito sua relação com os clientes, o lucro da sua empresa e a logística dela.

Esperamos que esse artigo tenha respondido qualquer dúvida e tenha também ajudado você a conseguir essa solução para os seus negócios que ajuda muito na hora da venda.