Logo Zignet branco

| Blog

Como adicionar uma categoria na CNH

Adicionar nova categoria na CNH
Índice do conteúdo

Quer dirigir profissionalmente ou comprou um veículo novo? Conheça o passo a passo para mudar a categoria da CNH!

Se você comprou um veículo bem maior ou mais pesado do que o atual, quer dirigir profissionalmente ou precisa operar algum tipo de reboque, por exemplo, é preciso adicionar ou mudar a categoria da CNH, a Carteira Nacional de Habilitação.

Porém, esse é um processo que demanda alguns requisitos específicos, que precisam ser cumpridos para que você obtenha a autorização para conduzir o novo veículo legalmente.

Leia esse artigo da Zignet até o fim e saiba tudo o que é preciso para mudar a categoria da CNH!

 

Descubra o que é preciso para adicionar categoria na CNH

Antes de mais nada, é preciso preencher algumas exigências prévias. A primeira delas é ter toda a documentação em dia, sem nenhum tipo de restrição ou irregularidade. 

Assim, é preciso ter uma CNH com foto e em situação regular, ser habilitado na categoria A para adição da categoria B; ser habilitado nas categorias B, C, D ou E para adicionar a categoria A e fazer exame toxicológico; ter habilitação há pelo menos 1 anos para mudar categoria CNH B para C; e estar habilitado há no mínimo 2 anos na categoria B, ou 1 ano na categoria C para adição da categoria D. 

Além disso, a avaliação psicológica é obrigatória para quem exerce atividade remunerada (EAR), como os taxistas, motoristas de caminhão e ônibus e qualquer outra atividade remunerada de transporte de pessoas ou cargas.

 

Conheça o passo a passo para mudar a categoria da CNH

Cada Detran tem autonomia para estabelecer os procedimentos necessários para mudar a categoria da CNH, mas, de modo geral, eles são bem parecidos. No Detran SP, por exemplo, você pode começar averiguando pelo próprio site se há alguma restrição à sua CNH e solicitando a certidão do prontuário.

Aproveite para separar os documentos necessários: original da CNH (versão digital ou impressa), comprovante de pagamento da taxa de serviço e comprovante de residência, caso seja preciso cadastrar novo endereço de domicílio.

Já o pedido de adição de categoria pode ser feito pela internet ou feito presencialmente em um dos postos do Detran SP.

Se for mudar as categorias da CNH C, D ou E para a A, é preciso marcar o exame toxicológico. Só depois essas categorias podem fazer o exame médico, a partir de um intervalo de 90 dias. 

Para as demais o exame médico de avaliação física também é obrigatório e a taxa deve ser paga diretamente ao médico credenciado e indicado pelo Detran.

A avaliação psicológica também é obrigatória para quem exerce atividade remunerada (EAR). A taxa também deve ser paga diretamente ao psicólogo indicado pelo Detran na data da consulta.

Cursos necessários

Depois que for considerado apto em todos os exames, é hora de se matricular no curso prático. A matrícula deve ser feita em um Curso de Formação de Condutores (CFC) credenciado que ofereça aulas no veículo desejado para a nova habilitação.

Mas atenção: não esqueça de conferir se o CFC é devidamente credenciado no Detran da sua região. Quando o curso for concluído, a própria autoescola marcará a data da prova prática depois que você pagar a taxa referente ao exame.

Lembre-se de ir muito bem preparado e bem disposto para a prova. Inclusive, apesar de o exame ser prático, é muito importante que você também esteja afiado na legislação de trânsito, porque qualquer deslize pode ser prejudicial. 

Então estude ou relembre o Código Nacional de Trânsito e suas leis, assim como toda a sinalização e a dicas para uma boa direção defensiva.

Procure dormir bem na véspera e não ingerir bebidas alcoólicas para evitar sono ou ressaca. Uma boa hidratação também ajuda no bem estar do corpo e na memória.

Aprovado na prova prática? É hora de pegar sua nova CNH

Depois de aprovado na prova prática é hora de pegar sua CNH com a nova categoria adicionada, mas antes é preciso pagar uma taxa. 

A carteira de motorista física (impressa) costuma ficar pronta em até 14 dias e é entregue pelos Correios no seu endereço de domicílio cadastrado no Detran. 

Mas apenas 3 dias depois de todo o processo concluído a versão digital de CNH já  estará disponível para download no aplicativo “CDT – Carteira Digital de Trânsito”. Lembre-se que a CNH digital tem o mesmo valor jurídico da versão impressa, que, por isso, não é mais obrigatória.

 

Cuidados com sua nova CNH

Depois que fizer a adição de categoria da CNH, há aspectos importantes que merecem atenção. Um deles é a validade, que passou de 5 anos para 10 anos, mas apenas para os motoristas entre 18 e 50 anos.

Para quem tem 51 anos a 70 anos, a validade é de 5 anos; e, acima disso, apenas de 3 anos. Portanto, fique atento aos prazos para não perder a renovação.

Cuidado também para não acumular pontos na carteira devido às infrações, que podem acabar causando suspensão ou bloqueio da CNH. E não deixe os débitos veiculares estragarem a regularidade da sua atividade. 

Mantenha impostos e taxas em dia, e não esqueça de pagar as multas para evitar gastos extras desnecessários. Para isso, o ideal é conferir regularmente as dívidas relacionadas ao seu veículo na Zignet.

Basta colocar a placa do carro, moto ou caminhão na plataforma da Zignet e todos os débitos veiculares aparecem de uma só vez. E você pode quitar todos em até 12X no cartão de crédito com toda segurança, tranquilidade e economia. 

Assim você não deixa nenhum pagamento atrasar e pode andar tranquilo por todas as ruas e estradas com sua nova CNH.

 

A Zignet ajuda você a rodar tranquilo

Não se preocupe se o pagamento do IPVA atrasou ou as multas acumularam. Aqui na Zignet você quita tudo sem pesar no orçamento, escolhendo o cartão de crédito de sua preferência para parcelar em até 12X.

E no nosso Blog você tem todas as informações e dicas que precisa para ficar em dia com suas obrigações, entender seus direitos e ajudar a construir um trânsito cada vez mais seguro.

Venha conferir as facilidades no site da Zignet e busque mais informações no nosso Blog!

Avalie este post

A ZIGNET é uma Instituição de Pagamento que surgiu para facilitar e inovar a forma de recebimento de contas, à vista ou parceladas, por meio de cartões ou outras modalidades de pagamentos eletrônicos.

Além de oferecer os serviços tradicionais de recebimento de cartões, as maquininhas ZIGNET também têm como diferencial parcelar em até 12 vezes, no cartão de crédito, boletos e contas emitidos por empresas públicas e privadas. Atendimento personalizado, tecnologia de ponta e o melhor custo-benefício são vantagens que a ZIGNET disponibiliza aos seus clientes, oferecendo maior agilidade e segurança nas transações de pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações