Logo Zignet branco

| Blog

Geração Z no Local de Trabalho: Como Compreender e Engajar a Nova Força de Trabalho

Tempo de leitura: 6 minutos
Geração Z no Local de Trabalho
Índice do conteúdo
Rate this post

Veja como sua empresa pode (e deve) aproveitar todo o potencial dos jovens profissionais da geração Z e aumentar sua competitividade no mercado!

Uma empresa sustentável tem que ter em mente que a dinâmica de trabalho está em constante transformação. Afinal, é normal as gerações se sucederem no ambiente corporativo. Porém, o mundo nunca passou por mudanças tão rápidas quanto nos últimos anos, e, com isso, o surgimento da Geração Z nos negócios causa um impacto significativo. 

Entretanto, se este impacto será tão positivo quanto poderia na sua empresa, depende da capacidade de engajamento e aproveitamento dessa nova força de trabalho em todo o seu potencial.

Compreender a geração Z e tudo o que ela pode representar é uma ótima oportunidade para impulsionar negócios e criar uma cultura organizacional mais ética e inclusiva.

Leia este artigo até o fim para compreender melhor a geração Z e ter uma colaboração intergeracional muito mais eficiente e engajadora.

 

O que é a geração Z

Antes de mais nada é preciso compreender o que é a chamada geração Z. Conhecida também como pós-millennials ou centennials, é composta por pessoas que nasceram entre 1996 e 2010, praticamente com um celular nas mãos. E isso se tornou tão importante que é o marco para entender o que a ONU descreve como a maioria populacional do mundo desde 2019.

Essas são as pessoas que estão entrando no mercado e são uma nova e potente força de trabalho em diversos sentidos, mas têm suas características bastante próprias, que por vezes não são bem compreendidas pelas gerações anteriores.

A forma de falar é uma delas. Como uma geração nascida já na internet, ela se comunica através de abreviações e gírias, e geralmente de uma forma muito espontânea e ágil.

Essa agilidade também se reflete na facilidade para assimilar novas tecnologias e usá-las de forma bastante criativa para gerar oportunidades nos negócios. Além disso, são pessoas altamente inclusivas, preocupadas com a sustentabilidade, o meio ambiente e as causas sociais, e que têm também uma nova relação com o consumo – assim como com o ambiente de trabalho.

Impacto da geração Z nas empresas

É aqui que a geração Z merece um tópico todo especial. Toda essa relação com a sustentabilidade, a diversidade e a tecnologia faz com que esses jovens tenham uma visão mais flexível do ambiente de trabalho

Afinal, eles são multitarefas, de pensamento ágil e, como são ativos digitais, já que nasceram junto com a internet, são os maiores adeptos do trabalho remoto.

Por outro lado, costumam ter posicionamento forte e uma sólida defesa do que acreditam. Lidam bem com imprevistos e emergências, sendo capazes de soluções rápidas e “fora da caixa”, assim como ficam bastante à vontade com a pluralidade de ideias, experiências e culturas.

Segundo o IBGE, os 23% da população brasileira compostos pela geração Z ocupavam 23 milhões de postos de trabalho em 2022, um número que não para de crescer. E segundo a Zurich Insurance Group, em todo o mundo já somam 2 bilhões de pessoas, devendo ocupar cerca de 27% dos postos de trabalho até 2025.

Por tudo isso, é preciso que muitas empresas adaptem sua cultura empresarial para a geração Z e possam aproveitar todos os benefícios que ela pode trazer para o mercado de trabalho. Mas como fazer isso?

Benefícios para o mercado de trabalho

A geração Z apresenta características bem marcantes que podem ter um impacto fortemente positivo para as empresas no mercado de trabalho. Veja quais são e os benefícios agregados.

Nativos digitais

A geração Z nasceu e cresceu em um ambiente altamente digitalizado, por isso são considerados nativos digitais. O termo foi criado em 2001 por Marc Prensky, especialista estadunidense em educação, para definir as pessoas cujo desenvolvimento biológico e social se deu em contato direto com a tecnologia.

Essa intimidade da geração Z com a tecnologia faz com que tenham grande facilidade em aprender e trabalhar online, assim como encontrar e interpretar informações em meio a uma avalanche de dados. 

Dessa forma, são pessoas também naturalmente adaptadas às tecnologias emergentes, contribuindo para a aceleração e adaptação da transformação digital nas empresas.

Preferem trabalhar com o que gostam

O profissional da geração Z não escolhe um emprego ou empresa apenas pelo salário ou pela oportunidade de trabalho. 

A tomada de decisão é baseada em vários fatores, como o alinhamento com a cultura organizacional da empresa e com o que mais se identificam. 

E, fazendo o que gosta, é maior a vontade de fazer diferença na empresa, aumentando seu engajamento.

Agilidade e multitarefas

As pessoas da geração Z têm mais clareza de ideias e conseguem desempenhar múltiplas tarefas com facilidade. Também são muito criativos e conseguem se adaptar facilmente a imprevistos e situações inéditas.

Além disso, o acesso diário ao grande volume de informações pela internet cria um imediatismo que faz a geração Z estar em constante evolução, trazendo sempre ideias inovadoras para a empresa. 

Esse imediatismo também traz uma certa ansiedade pela ascensão na carreira, fazendo com que mudem de empresa se não virem oportunidades de crescimento.

Autonomia, flexibilidade, saúde mental e consciência social

Há uma busca constante por autonomia no trabalho, o que pode significar iniciativas de valor para a empresa e a formação de líderes

Buscam empresas com consciência social que zelam pela saúde mental de seus funcionários, equilibrando vida social e profissional, oferecendo flexibilidade de trabalho que costuma aumentar a produtividade.

 

Adapte sua cultura organizacional e atraia a força de trabalho da geração Z

Atrair a força de trabalho da geração Z para sua empresa é investir em uma equipe altamente criativa, diversificada, tecnológica e dedicada. Mas é preciso montar uma estratégia para que esses jovens tão criativos e eficientes se encantem por sua empresa. 

Para isso, antes de mais nada, é preciso entender o que essa geração espera de uma empresa. Veja alguns tópicos:

  • Diversidade entre os colaboradores e integração com as demais equipes;
  • Oportunidade para contribuir com as causas sociais e ambientais;
  • Possibilidade de desenvolvimento profissional para a geração Z;
  • Flexibilidade de horário e modalidade de trabalho;
  • Oportunidades de expandir seu conhecimento;
  • Benefícios que vão além de um bom salário;
  • Liberdade para propor ideias e projetos.

Com base nesses dados você pode criar estratégias de engajamento da geração Z.

 

Como atender às expectativas da geração Z na sua empresa

Como a geração Z é considerada a maior força de trabalho atual, não apostar nela pode custar caro para a competitividade da empresa. Veja algumas estratégias que você pode adotar para atender às expectativas desses jovens profissionais.

Trabalhe sua marca empregadora

Tenha uma boa presença nas redes sociais mostrando o engajamento de seus colaboradores, suas histórias e experiências. Compartilhe conteúdos relevantes sobre oportunidades de carreira na sua empresa e os benefícios oferecidos.

Ofereça flexibilidade no trabalho

Adote um modelo de trabalho flexível, como o trabalho remoto ou híbrido. Substitua os horários rígidos, exigência presencial e tarefas da rotina, por metas de produtividade, prazos justos e timeline colaborativa.

Abrace a inovação

Seja amigo da tecnologia. Use-a para tornar o processo de recrutamento e seleção mais eficiente, para divulgar sua empresa, para se comunicar com seus colaboradores. Pesquise e adote soluções tecnológicas que melhorem o dia a dia da empresa.

Fortaleça a cultura organizacional

Crie programas de incentivo e reconhecimento, de apoio a causas sociais, adote boas práticas sustentáveis, ofereça um ambiente de trabalho saudável, inclusivo e diversificado, com iguais oportunidades de crescimento para todos, com planos de carreira estruturados.

Ofereça feedbacks construtivos

A geração Z está habituada a ver resultados, já que está habituada a usar a tecnologia para obtê-los. Como o local de trabalho deve estar alinhado aos seus valores, é importante buscarem o retorno do resultado de suas ações e ideias. 

Dê feedbacks construtivos sobre o impacto do seu trabalho, aumentando assim a satisfação, a produtividade e o engajamento desses profissionais.

 

A Zignet te ajuda conquistar e reter os profissionais da geração Z

Entender as expectativas da geração Z para o mercado de trabalho é fundamental para atrair e reter os melhores talentos

Trabalho flexível, valorização de suas ideias, inovações tecnológicas, benefícios que vão além do salário e possibilidade de crescimento profissional e contribuição social são alguns dos objetivos que esses jovens profissionais buscam nas empresas.

A Zignet está sempre buscando formas de auxiliar as empresas a encontrarem o melhor caminho para atrair e reter os melhores talentos, melhorando sua competitividade no mercado.

Siga essas dicas da Zignet e confira muitos outros conteúdos exclusivos para a sua empresa no nosso Blog!

Foto do CEO da Zignet Paulo Loffreda

Paulo Loffreda é um empreendedor e investidor atuante nos cenários empresariais do Brasil e dos Estados Unidos. Fundador e sócio da ZIGNET Instituição de Pagamento em São Paulo, lidera a inovação na tecnologia financeira. Além disso, como fundador e sócio da PlusA Real Estate Development em Orlando, destaca-se em investimentos e desenvolvimentos imobiliários nos EUA. Foi sócio fundador da Planvale Benefícios adquirida pelo UP Group e como fundador e ex-presidente nacional da CEBRASSE – Central Brasileira do Setor de Serviços, sua trajetória é marcada por contribuições significativas para o setor empresarial brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações