Logo Zignet branco

| Blog

8 Dicas fundamentais para dirigir à noite com tranquilidade

Tempo de leitura: 6 minutos
Dirigindo-durante-a-noite-Credito-PxHere
Índice do conteúdo
Rate this post

Dirigir à noite pode apresentar desafios que ficam mais fáceis de superar com algumas dicas. Vem conferir como ter mais segurança e conforto com as sugestões da Zignet!

Menos visibilidade, maior risco de assaltos e crimes em geral, e, para muitos, maior cansaço depois de um dia cheio. Dirigir à noite pode não ser muito confortável para algumas pessoas, mas muitas vezes é necessário.

Já para outros dirigir à noite é mais agradável por haver menos trânsito e mais calma nas ruas, além de, em geral, ser também mais fresquinho. 

Mas seja qual for a preferência, é muito importante seguir algumas orientações que podem garantir a segurança de motoristas, passageiros e pedestres.

Leia esse artigo até o final e confira as dicas que a Zignet separou para você dirigir à noite com muito mais conforto e segurança para todos!

 

Entenda os desafios de dirigir à noite

Dirigir à noite traz mais desafios do que dirigir de dia. Afinal, estamos mais cansados, sonolentos e dispersos, aumentando o risco de ocorrência de condições adversas físicas e mentais. 

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), à noite a visão periférica é reduzida, além de ficar borrada e tubular.

Com isso, há maior dificuldade para dimensionar as distâncias, espaços e até mesmo a velocidade, como de dia.

Por outro lado, dirigir à noite também se torna mais perigoso por conta da pouca iluminação, do brilho dos faróis na direção contrária, do mau estado de conservação das pistas e até da sinalização precária.

Saiba o que diz a lei sobre dirigir no período noturno

Dirigir à noite com o farol apagado não é apenas falta de bom senso e um risco à vida de todos: é uma infração média prevista no Art. 250 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB). A multa é de R$ 130,16 e 4 pontos na Carteira Nacional de Trânsito (CNH). 

Já para os motoristas profissionais há a chamada Lei do Descanso (Lei13.103/2015), fundamental para garantir a segurança dos motoristas e das cargas, evitando acidentes.

Por lei, tanto os motoristas de cargas quanto os de transporte coletivos que circulam nos perímetros urbanos devem ter uma jornada de trabalho de 8 horas, com 11 horas de descanso, e uma pausa de 30 minutos a cada 4 horas dirigindo.

Já os motoristas de carga que tiverem que dirigir à noite têm direito a ganhos complementares, como adicionais noturnos e horas extras.

 

Confira dicas práticas para dirigir à noite

Seja a trabalho ou a lazer, dirigir à noite requer atenção e muito conhecimento e  respeito à legislação vigente. Além disso, algumas dicas práticas podem aumentar ainda mais a segurança e o conforto ao volante no período noturno. 

Confira as dicas da Zignet a seguir!

1. Mantenha o veículo revisado e regularizado

Se passar por dificuldades mecânicas durante o dia já é difícil, imagine o sufoco quando o carro quebra à noite! Então mantenha a revisão sempre em dia, assim como toda a documentação do veículo. 

Afinal, nunca se sabe quando será parado em uma blitz ou precisará mostrar os documentos para uma autoridade de trânsito. Na Zignet você confere todas as dívidas pendentes do veículo apenas com a placa do carro e ainda paga tudo em até 12X no cartão de crédito. É tão fácil que você não precisa ficar irregular.

2. Priorize manter para-brisas e retrovisores sempre limpos 

O sereno noturno e/ou a maresia pode afetar bastante a visibilidade do para-brisa e dos retrovisores, impactando diretamente na segurança de quem vai dirigir à noite.

Além de reduzirem a visibilidade geral, quando sujos retrovisores e para-brisas podem refletir de forma desconfortável as luzes da estrada e dos outros carros. Por isso, certifique-se de estarem sempre bem limpos, parando regularmente para limpá-los caso o veículo não tenha acessórios para limpeza automática.

3. Evite dirigir em situações emocionais e físicas extremas

Jamais pense que você conseguirá contornar o sono se dirigir à noite. Vários acidentes acontecem justamente porque chega um momento em que o corpo não aguenta mais e sofre um “apagão”. E basta uma piscada prolongada dos olhos para perder a direção ou se assustar sem necessidade.

Também não pense que o estresse passará ao dirigir à noite. Situações extremas tiram o foco da estrada e também deixam o motorista mais vulnerável a acidentes.

4. Redobrar a atenção em estradas e rodovias

Por mais que você seja um motorista experiente, dirigir à noite requer atenção redobrada em estradas e rodovias. Muitas vezes a iluminação pública é deficiente, há buracos nas estradas, animais na pista ou mesmo outros motoristas desatentos e cansados, entre diversas outras situações que podem ocorrer. 

Por isso, se for mesmo necessário dirigir à noite, procure manter o foco na direção, evitando também qualquer situação que possa te distrair, como acessórios ou discussões acaloradas com os passageiros.

5. Respeitar a sinalização

Dirigir à noite não significa desrespeito à sinalização, mesmo que a estrada esteja vazia. Muito pelo contrário: é preciso adotar uma direção defensiva e respeitar o que dizem as placas de sinalização.

Então fique sempre abaixo do limite de velocidade, não ultrapasse em locais proibidos, respeite cruzamentos e não dirija de forma perigosa em nenhuma circunstância, evitando consequências desastrosas.

6. Não ultrapassar, de forma alguma, o limite de velocidade

Seja qual for o motivo da sua viagem ou da pressa em chegar ao destino, jamais ultrapasse o limite de velocidade. Assim você aumenta a segurança na via e tem mais chances de evitar situações de risco inesperadas.

Ao respeitar o limite indicado pela sinalização em cada trecho você controla mais facilmente o veículo, reduz o risco de acidentes e colabora para um trânsito mais seguro a qualquer hora.

7. Faróis sempre ligados

Nem todas as estradas têm a iluminação devida, e, em muitas delas, a luz dos faróis é a única que oferece algum tipo de iluminação. Por isso, os faróis devem estar sempre ligados – mantendo-os baixos sempre que cruzar por outros veículos, evitando o ofuscamento da visão de quem vem na outra pista.

No trânsito noturno seguro, a luz também deve ser baixa quando estiver atrás de outro carro, evitando o excesso de reflexo no retrovisor do veículo da frente. 

Lembre sempre de revisar os faróis antes de qualquer viagem. Afinal, além de ajudar o motorista a enxergar a estrada, também faz com que os outros veículos vejam o seu.

E não esqueça que, como já falamos, dirigir com os faróis queimados é infração sujeita à multa e a medidas administrativas – a mesma, aliás, para lanternas de sinalização que não funcionam.

8. Mantenha distância adequada em relação ao veículo da frente

À noite as chances de cair em um buraco ou ter que frear bruscamente por causa de um animal na pista são maiores, entre outras situações.

Portanto, o ideal é manter sempre uma boa distância em relação ao carro da frente, dando espaço e tempo hábeis para você parar sem colidir caso ele precise frear de forma súbita.

 

Mantenha a segurança durante os trajetos noturnos com a Zignet!

O motorista responsável e consciente de seus direitos e deveres sabe que é preciso conhecer bem e respeitar a legislação de trânsito a qualquer momento ao volante. No entanto, dirigir de noite oferece alguns desafios extras, que precisam ser vencidos com muita atenção às leis e foco na estrada.

Aqui no Blog da Zignet você encontra as melhores dicas de direção, ajudando você a estar sempre bem informado sobre os principais aspectos do trânsito seguro.

Aproveite para conferir as novidades e também todas as facilidades para pagamento dos débitos veiculares em até 12X no cartão de crédito no site da Zignet!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações