Logo Zignet branco

| Blog

Licenciamento de moto: O Guia completo

Tempo de leitura: 5 minutos
Licenciamento-de-motos
Índice do conteúdo
5/5 - (1 vote)

Quer pilotar com mais tranquilidade? Veja como é fácil fazer o licenciamento de motos e manter todos os seus débitos em dia!

Se você é um entusiasta das duas rodas ou está prestes a embarcar nessa jornada emocionante, entender as nuances do licenciamento é fundamental. 

Neste artigo, você encontra um guia abrangente e fácil sobre requisitos legais e todas as etapas para ter a documentação necessária para sua moto, garantindo a legalidade e promovendo a segurança nas estradas.

Então, continue lendo e embarque nessa jornada de conhecimento que não só vai te tornar um motociclista legal, mas também um condutor seguro. 

 

O que é o licenciamento de moto?

O licenciamento de motos é um processo obrigatório pelo qual uma motocicleta é oficialmente registrada e legalmente autorizada a circular nas vias públicas.

Entretanto, o licenciamento não é voltado apenas para as motos. Todos os veículos automotores, elétricos, articulados, reboque e semirreboque precisam fazer a atualização anual do documento.

Licenciamento é o mesmo que CRLV?

Mas cuidado, não confunda o licenciamento de moto com o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, conhecido como CRLV. Apesar de estarem relacionados, são duas coisas diferentes.

Na verdade, o licenciamento de moto é o processo pelo qual a moto é registrada e oficialmente autorizada a circular nas ruas, cumprindo todas as normas e regulamentações necessárias. 

Já o CRLV é o documento físico que serve como prova que o licenciamento foi pago. O Certificado, também conhecido como o “documento da moto”, contém todas as informações sobre o veículo, como número do chassi, placa, modelo e ano de fabricação, e alguns dados do proprietário.

Então o CRLV atualizado é uma indicação de que impostos e taxas foram pagos, porque não é possível tirar o documento sem estar com IPVA e multas em dia, além, é claro, da própria taxa de licenciamento. 

E, sem o CRLV você também não consegue fazer a transferência de proprietário, o que é um empecilho se algum dia quiser vender o veículo para comprar um modelo mais novo, por exemplo.

Mas é também um alerta: na hora de comprar sua próxima moto, exija o CRLV atualizado, porque ele é a garantia de que ela está realmente regularizada.

 

Entenda como realizar o licenciamento da sua moto!

Não há muita dificuldade para fazer o licenciamento da moto, mas é preciso atenção em alguns detalhes. 

Documentos necessários para o licenciamento

Desde que o veículo não tenha débitos pendentes, o proprietário precisa apenas do comprovante de pagamento da taxa de licenciamento e o CRLV atualizado já é gerado automaticamente depois que o valor constar no sistema. 

O ideal é que seja pago no prazo estipulado pelo Detran de cada estado. Após o vencimento, sem o licenciamento pago a moto estará andando de forma irregular. Por isso, é preciso acompanhar o calendário, que também varia conforme o estado de emplacamento.

Taxas e impostos associados ao licenciamento

Porém, apesar do pagamento do licenciamento estar diretamente relacionado à renovação do CRLV, há outras taxas e impostos associados ao processo.

Isso significa que antes de tudo é preciso já estar com multas pagas e IPVA em dia, uma vez que, sem os débitos quitados, não é possível fazer a renovação, mesmo que o licenciamento seja pago. 

O DPVAT (Seguro de Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres) também precisa ser pago, assim como qualquer taxa pendente e qualquer bloqueio judicial ou administrativo.

Na Zignet você resolve isso rápido, basta parcelar tudo em até 12X e regularizar a situação da moto. Feito isso, não esqueça de guardar os comprovantes de pagamento.

Como realizar o licenciamento de maneira online?

Na maior parte dos estados o licenciamento de motos pode ser feito online ou presencialmente. Para quem quer conforto, praticidade, rapidez e segurança, a modalidade online é a mais indicada. 

Nos estados em que o Detran dispõe o serviço online, é preciso entrar no site correspondente e encontrar a aba relativa ao licenciamento, seguindo as instruções de cada um para gerar a guia de pagamento do licenciamento. 

Já pela Zignet é muito mais fácil. Basta colocar a placa da moto e todos os débitos relacionados aparecem na mesma página, inclusive a taxa de licenciamento. Então, ali mesmo você já vê se existem dívidas anteriores que possam impedir a renovação da CRLV e quita seus débitos, podendo parcelar em até 12X no cartão de crédito. 

Pronto, rapidamente você paga o que está faltando e renova a CRLV da sua moto, podendo pegar a estrada com toda tranquilidade!

 

Penalidades por falta de licenciamento

Assim como a Carteira Nacional de Trânsito (CNH), o CRLV renovado é de porte obrigatório e a sua falta ou atraso na atualização acarreta penalidades e multas.

Ao andar sem o documento, de acordo com o artigo 232 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o proprietário estará cometendo uma infração leve, que gera 3 pontos na carteira, multa de R$ 88,38 e retenção da moto até que o documento válido seja apresentado.

No entanto, a apresentação do licenciamento é tão importante que a sua obrigatoriedade é reforçada no inciso 5 do artigo 230 do CTB. Caso haja flagrante de motorista conduzindo veículo não registrado ou não licenciado, a infração é considerada gravíssima. A multa sobe para R$ 293,47 e 7 pontos na CNH, além de remoção e apreensão da moto.

 

A Zignet te ajuda a dirigir com responsabilidade e confiança

Ficar com as taxas e impostos da moto em dia é tão libertador quanto viajar sentindo o vento no rosto. Pagar o licenciamento e portar o CRLV do veículo renovado demonstra responsabilidade e é uma tranquilidade ao passar por inspeções e blitz. 

Por isso, fique atento aos calendários de pagamento do Detran do seu estado e monitore regularmente seus débitos pela Zignet. É tão fácil de ver e parcelar em até 12X pela plataforma que você só anda com a moto irregular se quiser.

Aproveite para saber mais sobre trânsito responsável no nosso Blog e não esqueça de compartilhar essas dicas com os seus amigos!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações