Logo Zignet branco

| Blog

Dicas para motoristas recém-habilitados

Tempo de leitura: 6 minutos
Motorista-no-volante-do-carro
Índice do conteúdo
5/5 - (1 vote)

Você é um motorista recém-habilitado? Então vem com a gente que essas dicas vão te ajudar a dirigir melhor e com mais confiança!

Tirar a carteira de motorista é uma conquista incrível, uma emoção que dificilmente será esquecida. Mas entrar no mundo das estradas pode ser um pouco assustador para o motorista recém-habilitado. Não se preocupe, a Zignet está aqui para ajudar você a se sentir mais confiante ao volante! 

Neste post, vamos compartilhar algumas dicas práticas para motoristas recém-habilitados. Desde enfrentar o estresse do trânsito até entender as sutilezas da etiqueta na estrada, nós vamos te ajudar a tornar sua jornada de condução mais suave e agradável. Vamos lá?

 

Conheça e respeite as leis de trânsito!

Um motorista recém-habilitado provavelmente tem as leis de trânsito na ponta da língua, certo? Mas as boas práticas que acarretam direção segura para você e os outros vão muito além do conteúdo discutido durante as aulas. 

É preciso, além de conhecer, respeitar mesmo as questões mais básicas, como parar nas placas de “Pare”, ceder a passagem quando pedida e ter muita atenção aos limites de velocidade, por exemplo. 

Afinal, mesmo as infrações leves podem causar prejuízos sérios, pondo em risco a integridade física e econômica do motorista recém-habilitado. 

Por outro lado, é hora de lembrar também que o período da CNH provisória é bastante delicado. Na verdade, essa ainda não é a carteira, mas uma Permissão para Dirigir Veículo automotor (PDV) durante 12 meses probatórios em que a sua habilidade na prática do dia a dia será realmente testada. 

Não esqueça: se um motorista recém-habilitado cometer uma infração grave, gravíssima ou for reincidente em infrações médias, pode não conseguir ter a CNH definitiva. 

Se isso acontecer, você terá que recomeçar o processo de habilitação do início. Mas se correr tudo bem, aí sim, ao final dos 12 meses o PDV será trocado pela CNH.

Ande com documentos!

Todo mundo tem que andar com os documentos de identificação, mas quando você é motorista, tem que ficar ainda mais ligado para não esquecer nada. E é fácil, porque são apenas dois os documentos de porte obrigatório: a CNH (no caso do motorista recém-habilitado, a PDV) e o documento do carro (CRLV). 

E agora, com a vida online, está tudo mais fácil, porque basta baixar o app da Carteira Digital de Trânsito (CDT) que você tem ambos os documentos digitais. O aplicativo pode ser baixado para Android e iOS

E, claro, não esqueça de estar com os débitos do carro em dia, como IPVA, licenciamento e qualquer multa que apareça. Na Zignet você confere rapidinho se tem algum débito pendente só com a placa do carro.

Blitz e bafômetro

Todo mundo que dirige, seja um motorista recém-habilitado ou não, corre o risco de encarar uma blitz a qualquer instante, seja ela especial, como uma Lei Seca (RJ) ou o Programa Direção Segura (SP), ou de rotina. Por isso, além da documentação em dia, jamais dirija alcoolizado. 

A tolerância legal do bafômetro é zero: qualquer quantidade de álcool registrada no bafômetro sujeita o motorista às penalidades da infração do artigo 165 do CTB. A infração é gravíssima, com multa (R$ 293,47) multiplicada por 5, suspensão do direito de dirigir e recolhimento do veículo.

Porém, se o aparelho registrar quantidade igual ou superior a 0,3 mg de álcool por litro de ar alveolar, o condutor tiver sua capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência, a penitência é ainda mais pesada. 

De acordo com o art. 306 do CTB isso é considerado crime de trânsito, passível de 6 meses a 3 anos de detenção, multa multiplicada por 10 e bloqueio, suspensão ou proibição de se obter a permissão (PDV) ou a habilitação (CNH). 

O bafômetro não é obrigatório, mas a sua recusa também é considerada infração gravíssima, portanto o motorista está sujeito à mesma penalidade de quem tiver resultado positivo após soprar no aparelho.

 

Garanta que seu veículo está adequado

Manter o veículo em bom estado também é obrigação do motorista recém-habilitado. Então faça disso um hábito, sempre verificando a calibragem dos pneus antes de sair e checando se todas as luzes estão funcionando, por exemplo. 

Freios, nível do óleo, água e demais fluidos também devem ser vistos periodicamente. Anote sempre a data de troca do óleo e da troca/balanceamento e cambagem de pneus e faça revisões regulares, especialmente antes de pegar a estrada. 

Tenha um seguro

Ter um bom seguro é muito importante para reduzir os prejuízos diante de imprevistos. Eles podem acontecer com qualquer pessoa, motoristas recém-habilitados ou experientes. Afinal, por mais que você tenha uma direção defensiva, não está sozinho na rua.

O seguro pode ajudar em diversos casos, seja um roubo, furto ou uma colisão. Mas também tem vários serviços que ajudam muito a rotina do motorista, como troca de pneu, reboque, carga na bateria, chaveiro, etc. E você pode customizar seu seguro conforme as suas necessidades principais.

 

Pratique a direção defensiva

Praticar direção defensiva pode livrar o motorista recém-habilitado de muitos sufocos – inclusive quando ele já for um motorista experiente. Ou seja, essa forma de dirigir sem agressividade, procurando prever ações dos outros motoristas deve ser adotada para toda a vida.

Dirigir de forma defensiva é ter mais responsabilidade e segurança no trânsito. Veja algumas ações que podem ser adotadas com facilidade no dia a dia:

  • Manter uma distância do veículo à frente de forma que o seu carro possa parar com segurança ao frear, mesmo que subitamente;
  • Respeite ciclovias, ciclofaixas e os veículos menores em geral, como bicicletas, ciclomotores, motos, etc;
  • Não dirigir com o estado emocional abalado ou quando estiver muito cansado ou com sono;
  • Sinalizar todas as suas ações no trânsito com setas e pisca alerta;
  • Respeitar todas as sinalizações evitando o excesso de velocidade;
  • Reduzir a velocidade na chuva e aumentar a atenção ao redor;
  • Ser gentil: dê passagem e não discuta com outros motoristas;
  • Evitar distrações enquanto dirige, seja o celular ou o rádio;
  • Não fazer ultrapassagens indevidas ou perigosas;
  • Manter a manutenção do carro em dia;
  • Não trafegar pelo acostamento;
  • Usar cinto de segurança.

 

 Saiba lidar com condições adversas

Tirar a primeira habilitação pode ser um sonho realizado, mas há momentos em que o trânsito pode ser muito estressante. Seja por congestionamentos, motoristas mal educados, estradas ruins ou condições climáticas adversas – como temporal ou neblina – é preciso manter a calma e encarar os desafios com a cabeça fria.

Então procure sempre se informar sobre as melhores técnicas de direção em estradas de terra, debaixo de tempestade, em alagamentos ou com nevoeiro intenso. Lembre-se que muitas vezes a melhor solução é buscar um lugar seguro e parar, esperando a situação melhorar.

 

Pratique suas habilidades

A grande diferença entre um motorista recém-habilitado e um motorista experiente é a prática. Então procure treinar bastante em situações diferentes, sempre com um motorista experiente como tutor, dando dicas e conselhos de quem já passou por circunstâncias complicadas.

Treine colocar o carro em vagas difíceis, dirigir à noite em locais pouco iluminados, engarrafamento em ladeiras íngremes, passar por grandes poças sem deixar o carro morrer e outros episódios que você até pode achar difícil de acontecer – mas podem te surpreender a qualquer momento na direção.

Enfim, pratique suas habilidades até estar bem seguro do que fazer em situações complicadas, sempre praticando a direção defensiva.

 

A Zignet te ajuda a dirigir com responsabilidade e confiança!

Ter calma, conhecer e respeitar as regras de trânsito, dirigir com responsabilidade, praticar bastante suas habilidades para ganhar confiança e manter seu carro em dia – mecânica e legalmente – são dicas fundamentais para quem acaba de tirar a carteira.

E não se preocupe, você pode contar sempre com a Zignet. A gente parcela seus débitos de multa, IPVA ou licenciamento em até 12X e vai sempre te ajudar com as melhores dicas sobre trânsito aqui no nosso Blog!

Gostou das dicas de hoje, então compartilhe com os amigos e continue acompanhando o Blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Compartilhe nas redes sociais

Últimas publicações